métodos

* Mapeamento Comportamental e Arquitetura *

Durante as aulas de métodos em psicologia ambiental, vimos um pouco sobre o mapeamento comportamental. Esse método consiste na representação gráfica do espaço e do comportamento das pessoas, obtida a partir da observação da área.

Esse tipo de método é uma ótima ferramenta para um arquiteto (digo isso por estudar arquitetura). A partir dessa análise, é possível observarmos quais áreas são mais ocupadas, o uso predominante, se o espaço está sendo eficiente ou não.
Pesquisando na internet sobre esse assunto, encontrei uma Análise de Pós-Ocupação do Copan, edifício da década de 50, projetado por Oscar Niemeyer, localizado em São Paulo. Ele é composto por um prédio residencial de seis blocos, bloco A ao F, possui 1.160 apartamentos, 20 elevadores e 221 vagas para automóveis em dois subsolos. Ele também é composto por uma galeria comercial no pavimento térreo. O mapa comportamental deste estudo foi realizado na galeria comercial. O trabalho é uma dissertação de mestrado  feita por Walter José Ferreira Galvão, 2007, FAUUSP.

O objetivo do estudo na galeria era aferir o fluxo de pessoas nas cinco entradas da galeria comercial, durante o horário comercial diurno, nos dias úteis típicos de uma semana padrão. Durante 5 dias foram feitas as observações, onde cada dia o foco era uma das entradas.

Ao final, as conclusões foram que as entradas 1, 2 e 5 são as mais movimentadas; a 1 e 2 têm a maior quantidade de lanchonetes e restaurantes nas suas proximidades, contribuindo para o maior movimento. Somente a entrada 1 permitiu o acesso de 129 pessoas entre as 13h00min e 13h15min.

Quem quiser mais informações sobre esse trabalho, que analisa outros aspectos da pós-ocupação, ele está disponível no site: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16132/tde-19092007-121207/pt-br.php >.

————————————————————————————————-


A Mariana pensa assim. E você? Participe!

Anúncios

2 pensamentos sobre “* Mapeamento Comportamental e Arquitetura *

  1. O programa A Liga, da rede Bandeirantes, abordou diversos aspectos do edifício no programa do dia 02 de outubro de 2012. Além de mostrar a diversidade entre os mais de cinco mil moradores do edifício, traz informações a respeito de sua estrutura. Achei muito interessante. Segue link do programa na íntegra.

  2. Realmente muito interessante esse tipo de método de pesquisa, apesar de pouco usual. Um livro interessante que mostra alguns exemplos de análises como esta no contexto de consumo é o “why we buy” do Paco Underhill. Ele mostra como elementos da arquitetura de shoppings desde o estacionamento até a disposição das vitrines, influenciam nas decisões do consumidor. Quem se interessa pelo assunto vale a pena conferir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s