teorias

* Sobrecarga de informação pela internet: Positivo ou Negativo? *

A internet surgiu no período da Guerra Fria, como um instrumento de inteligência militar. Foi somente em 1987 que a internet passou a ser usada comercialmente, tendo um grande aumento no número de usuários. De lá pra cá, os serviços oferecidos pela internet foram crescendo rapidamente, e consequentemente, a disponibilização de informações on-line também. O resultado disto é sobrecarga de informações. É tanta coisa interessante facilmente disponível que não há tempo para ler tudo e é necessário escolher o que ler, o que aprofundar, e o que “deixar para depois”.

Como isso é uma realidade que estamos vivendo constantemente, há vários estudos acerca do assunto, alguns condenando, outros elogiando. Mas afinal, ter acesso a toda essa informação é uma coisa boa ou ruim?

Segundo Pierre Lévy, a alta disponibilidade de informações e formas de comunicação pode gerar estresse. Para Rushkoff, devemos entender a tecnologia para não sermos controlados por ela. Pariser diz que as pessoas têm a tendência de ler apenas as coisas com as quais concordamos, ou seja, devemos tomar cuidado para não sermos tendenciosos na internet.

Imagem - Media overload-1As pessoas que já nasceram mergulhadas nessa realidade conseguem processar grandes quantidades de informação ao mesmo tempo, habilidade que as pessoas não acostumadas com essa tecnologia muitas vezes não possuem. Contudo, existe um limite para a quantidade de informação que conseguimos processar, em termos cognitivos. Há várias “doenças psicológicas” sendo identificadas na era em que vivemos, fruto desse bombardeio constante de informações. Para controlar esse bombardeio, é necessário que filtremos as informações. Não é por acaso que as ferramentas de busca recebem tantos acessos diariamente.

Ainda assim, essa facilidade de acesso gera uma série de problemas, destacando-se a superficialidade e o imediatismo. A velocidade com que temos acesso às respostas que procuramos pode tornar as pessoas imediatistas, sem paciência para procurar outros meios como ir à biblioteca, ou procurar fontes mais confiáveis, querendo tudo mastigado. Além disso, por termos tempo e acesso a muitos conteúdos, acabamos por ver de tudo um pouco, nada realmente aprofundado.

Apesar disso, exatamente por essa facilidade de acesso, é comum realizar mais de uma atividade ao mesmo tempo, tornando as pessoas cada vez mais “multitarefa”, capazes de fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo. O acesso a diferentes áreas do conhecimento também pode permitir uma maior transdisciplinaridade, permitindo a aquisição de pensamentos cada vez mais abrangentes e complexos, contribuindo para a inovação.

Há ainda inúmeros pontos negativos, como o isolamento, o individualismo, o vício pela internet, entre outros.

Seja como for, uma coisa é fato: o bombardeamento de informações está mudando o modo como pensamos e agimos, seja para melhor ou para pior. A sobrecarga de informações só tende a piorar com o desenvolvimento da tecnologia.

De qualquer forma, cabe a nós saber como usar esse recurso, e filtrar o que é bom e o que é inútil. Estar ciente tanto dos problemas quanto das vantagens pode ser um começo para podermos melhor compreender e aproveitar a corrente de informações no qual estamos imersos diariamente.

Diante disso tudo, é sempre bom pararmos.

Pararmos pra pensar até que ponto estamos perdendo tempo ou aprendendo com a internet. Você já leu alguma coisa de útil hoje? Ou ficou apenas em redes sociais, vendo e-mail sem importância, vídeos engraçados? Se a segunda opção se encaixa melhor, você acha que isso foi ruim, ou preferia ter usado esse tempo para algo mais útil? Muitas pessoas preferem não “ser tão úteis o tempo todo”, mas isso já entraria em outra conversa…….

———————————————————————————————————————————————

O Kenji pensa assim. E você? Participe!

Anúncios

Um pensamento sobre “* Sobrecarga de informação pela internet: Positivo ou Negativo? *

  1. Realmente é difícil nos dias de hoje não pensar sobre os prós e contras que a internet oferece. Analisando-a como meio de comunicação é surpreendente o impacto que seu surgimento causou no mundo, quanto tempo levava para adquirir uma música nova? Quantos dias passavam até uma mensagem chegar no outro lado do mundo? Com quantas pessoas você mantinha contato diariamente? Porém tal revolução também trouxe graves consequências negativas, fácil acesso a informação se torna perigoso se tais informações carecem em sua maioria de qualidade e veracidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s