desastres e planos de contingência

Santa Maria

Na madrugada deste domingo um incêndio em uma boate em Santa Maria no Rio Grande do Sul vitimou centenas de jovens e chamou a atenção para a longa cadeia de responsáveis pelas diversas negligências que cercam uma tragédia como esta. Ainda que as investigações estejam apenas começando há indícios de que o uso inadequado de artefatos pirotécnicos, em um ambiente fechado, aliado a falhas estruturais do espaço (saídas insuficientes, bloqueadas e mal sinalizadas, equipamentos de segurança defeituosos) e operacionais (treinamento inadequado dos seguranças, ausência de comunicação entre a equipe interna e externa de segurança, fiscalização falha) tenham contribuído para o desfecho de, até o momento, 231 mortos e 106 hospitalizados. Além dos jovens que morreram perde-se também os adultos que eles poderiam ter sido, com todo o potencial que estava ali. O luto oficial de três dias sinaliza esta perda, espero também que sinalize uma adequada investigação e responsabilização dos envolvidos. A princípio quase todos os elos desta cadeia que levaram ao incêndio eram perfeitamente preveníveis e isso é o mais triste: que se tenha tempo, dinheiro e boa vontade para apurar o que aconteceu, mas não para prevenir.

Imagem

(atenção: respeitem as famílias das vítimas. Comentários com links para vídeos ou fotos das vítimas não serão aceitos)

Anúncios

Um pensamento sobre “Santa Maria

  1. Hoje de manhã, assistindo ao “Fala Brasil”da Tv Record, vi a declaração de um bombeiro dizendo que mesmo que o alvará da casa estivesse legal, o problema eram as normas brasileiras que não tratavam este tipo de local (com o risco que apresenta) como deveria. A NBR 9077 de dezembro de 2001 é que trata deste assunto. Segundo ela, boates são classificadas no Grupo F, divisão F6 em relação ao seu uso. Ao olhar as tabelas do anexo, vemos que a norma diz que a distância máxima a ser percorrida em ambientes sem sprinkler (aqueles chuveiros automáticos de teto) é de 10m; e principalmente estabelece que neste tipo de ambiente, que existam 2 saídas. A Kiss só possuía uma, mas mesmo assim já tinha tido um alvará anterior, né?

    Quem quiser ler a norma, segue o link: http://www.maragabrilli.com.br/files/90772001.pdf

    Agora fica essa tristeza enorme no coração de todos, indignação por pensar que tem que ocorrer uma tragédia dessas para algo mudar. É impossível ver o que aconteceu e não se emocionar, não pensar em todas as vidas que foram perdidas, nas famílias que ficaram, e no fato de que podia ser eu ou você.

    Tudo isso é simplesmente triste.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s