desastres e planos de contingência

* O Sinalizador *

Coincidência ou não, nossa aula sobre desastres aconteceu dias antes ao desastre de Santa Maria (RS). E o curioso não é nem a proximidade das datas; mas, descodificando o desastre, os motivos tolos que levaram a tantas mortes, aproximadamente 230.  Parece que na hora do desespero muitas pessoas acharam que o banheiro era a saída, e até ter sido desfeita a confusão tantos já tinham morrido pisoteados, além de as próprias saídas terem portas pequenas. Ou seja, muitas pessoas morreram por que não tinha o raio que o parta de uma placa, bem sinalizada, indicando onde era o banheiro e outra para onde era a saída.

Agora o fato realmente intrigante deste acontecimento, é que o vocalista da banda de rock, no meio de seu show pirotécnico, saca um sinalizador e levanta ao teto. Mano! Primeiro que o cara tem que ser muito negligente para usar um sinalizador em qualquer lugar fechado, em um lugar fechado e abarrotado de gente nem se fala, agora num lugar fechado e abarrotado de gente com isolamento acústico, realmente é outro patamar. Qualquer um que tem ou já teve uma banda de qualquer tipo de música sabe que isolamentos acústicos são feitos de matérias como isopor, papelão, espuma, madeira – coisas inflamáveis em geral. Ele ainda tentou apagar o fogo, mas os extintores não funcionaram!

Enfim, aconteceu e pronto. E, para nós humanos, tragédias como essa vem para evitar muitas outras. Já que dor e morte, paradoxalmente, continuam sendo os mais eficazes na prevenção e manutenção de desastres.

——————————————————————————————————————-

O João Paulo pensa assim. E você? Participe!

Anúncios

Um pensamento sobre “* O Sinalizador *

  1. Parece também que muitas pessoas foram para o banheiro para “esperar o incêndio passar” e depois sair. Enfim, na hora do desespero muitas decisões erradas podem ser tomadas, decisões erradas, assim como negligencia, contribuíram para o desastre que aconteceu. O incêndio em Santa Maria é, assim como as diversas inundações e deslizamentos que ocorrem todos os anos no Brasil, um exemplo de como nosso governo não toma medidas para prevenir desastres.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s