populações especiais - crianças

* Ser criança onde só o adulto tem espaço *

Na maioria das vezes, à criança é permitido ser criança apenas em lugares destinados especificamente a elas. Poucos pensam em inclui-las em espaços frequentados majoritariamente por adultos, e que são planejados pensando somente neles.

Espaço Kids

Alguns restaurantes já possuem, há certo tempo, espaços kids; normalmente uma sala com videogames, brinquedos e televisão. Mas poucos bares tiverem a mesma iniciativa. Em Brasília, as opções para as famílias que pensam na diversão de todos os integrantes ainda não são muito variadas. Entre os estabelecimentos que pensam na diversão dos pequenos, há, por exemplo, o Empório da Mata, onde o público infantil tem à sua disposição uma ampla área verde, um jardim com pomar e uma minifazendinha. Com espaços mais tradicionais, temos o Potência Grill e o Bsb, ambos possuindo uma pequena sala onde podem desenhar, brincar com carrinhos, bonecas e videogames e assistir a filmes infantis. Os dois ambientes estão localizados de forma que os pais possam olhar as crianças enquanto conversam, comem e bebem.

Com propostas um pouco mais diferentes, há a pastelaria Pastel Mix, onde, enquanto a comida não chega, as crianças ganham massa de pastel para brincar. No Rancho Canabrava, é oferecido atividades como cavalgada.

Para quem tem crianças pequenas (ou se lembra de como é ser uma), sabe o quão entediante é ter que ficar sentado, onde todos os móveis são de tamanhos desproporcionais e o cardápio não atende à sua vontade. Algumas medidas simples poderiam ser tomadas para atender às suas demandas sem poupar os pais de sua tranquilidade.

————————————————————————————————-

A Ana Giulia pensa assim. E você? Participe!

Anúncios

4 pensamentos sobre “* Ser criança onde só o adulto tem espaço *

  1. Já dizia Saint-Exupéry em sua obra-prima o Pequeno Príncipe: “Todas as pessoas grandes um dia já forma crianças. Mas poucas se lembram disso”. Talvez seja por isso que muitas vezes nos esquecemos de dar um espaço a elas, lembrar que elas as crianças também são cidadãs que merecem ser cidadãs em todos os lugares, não só em espaços exclusivamente infantis.

    Quem não lembra de como era chato ficar em um lugar,por horas a fio, seja um restaurante, um museu, o cabeleireiro, a casa de um parente no qual não havia nada para se fazer se fossemos crianças? Que nossas vontades e anseios eram desconsiderados afinal éramos ” apenas” crianças?

    Parabéns ao espaço da cidade que pensam com carinho nos seus pequenos cidadãos, inciativas como essa são muito bem vindas.

  2. É muito interessante ter chamado a atenção para o fato de que muitas vezes a criança acha entediante estar em ambientes exclusivos para adultos. Nós mesmos quando crianças só pensávamos em ir embora. Até mesmo porque, muitos lugares deixam de ser frequentados por famílias por não terem espaço para as crianças mesmo. Poderia ser feito várias propostas para se tornar um ambiente convidativo para as crianças

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s