populações especiais - idosos

* A prática de artes marciais por idosos *

Uma pesquisa da Universidade de Vrije, em Amsterdã, Holanda, aponta que a prática de lutas pode ajudar a prevenir fraturas em idosos que sofrem de osteoporose, doença que, só no Brasil, atinge cerca de 10 milhões de pessoas, a maioria com mais de 65 anos. Brenda Groen, uma das responsáveis pelo estudo, explica que as lutas ajudam a limitar o impacto dos tombos. “Cerca de 90% das fraturas do quadril ocorrem como resultado de uma queda. A partir de pesquisas anteriores, sabe-se que as técnicas de quedas das artes marciais ajudam a reduzir a força de impacto no quadril durante uma queda para os lados”, afirma a pesquisadora holandesa.

Masaaki_Hatsumi_sime

Para ela, os idosos podem utilizar os conhecimentos de artes marciais para reduzir os riscos de fraturas no dia a dia. Ela lembra, no entanto, que os estudos ainda são preliminares, e que a fragilidade da estrutura óssea de quem HATSUMInPARK46sofre com a doença exige alguns cuidados especiais. “Por razões de segurança, o impacto sobre os ossos não poderia ser diretamente avaliado usando pessoas com osteoporose. Portanto, nós medimos forças de impacto durante exercícios de queda em adultos jovens e comparamos com a base em informações de estudos anteriores sobre o impacto no fêmur que uma pessoa idosa com osteoporose pode suportar”, explica Brenda. “Nós acreditamos que, utilizando protetores de quadril e evitando cair de frente, as lutas podem ser seguras para quem sofre de osteoporose moderada”, completa.

————————————————————————————————-

O André pensa assim. E você? Participe!

Anúncios

2 pensamentos sobre “* A prática de artes marciais por idosos *

  1. O Tai Chi Chuan é uma arte marcial chinesa que se popularizou entre os idosos no Brasil. Além dos benefícios físicos, essa prática, que desenvolve a capacidade de equilíbrio e concentração, pode prevenir o surgimento de comprometimentos sérios de capacidades cognitivas em idosos. Segundo estudos do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP) praticar Tai Chi desacelera o declínio da memória.

    Leia mais em: http://longevidade-silvia.blogspot.com/2012/05/tai-chi-chuan-controla-perda-de-memoria.html#ixzz2KvtYNsQ5

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s