populações especiais - idosos

* Idade = fragilidade? *

Quando pensamos em idosos, entre outras coisas, sempre nos vem à sensação de fragilidade. Em alguns casos de convivência com pessoas de terceira idade, principalmente se for um familiar,  temos a impressão de que qualquer atividade física mais elaborada da qual façam os levará a se machucar. Bom, nem sempre é assim, vejam alguns exemplos: Fuja Singh um indiano de 100 anos e corre maratonas desde os 89, com o seu melhor tempo adquirido as 93 anos com 42.2 km percorridos em 5h40min de prova. Sem falar no italiano Marco Olmo de  64 anos, que não se contenta em participar de ultramaratonas e corridas de montanhas, como vez ou outra vencer algumas delas. Mudando de gênero, a brasileira Naomi Namekata Brum, acupunturista e massagista, começou as 55 à participar de provas de cinco quilômetros, depois passou para meias maratonas, e hoje aos 62 anos participa de provas que variam de 50 à 100 km.

Trouxe essas informações para ilustrar que envelhecer não é sinônimo de sedentarismo, atrofia muscular ou inutilidade. Em linhas gerais, nós brasileiros, temos a cultura de “esconder” ou “proteger” nossos idosos. Ao passo que é de caráter muito mais favorável ,para a saúde dos mesmos, conservar as práticas desportivas da idade adulta ou pelo menos as rotinas físicas diárias. E, caso tais práticas não tenho sido desenvolvidas até então, por que não estimular a terceira idade para tal direção; já que pratica desportiva (praticada de forma consciente e equilibrada) é saúde, e saúde é longevidade.

Para mais informações sobre os atletas e as provas das quais participaram olhar na reportagem da revista GO OUTSIDE. http://gooutside.uol.com.br/1416

corrida idoso

 

————————————————————————————————-

O João Paulo pensa assim. E você? Participe!

Anúncios

2 pensamentos sobre “* Idade = fragilidade? *

  1. Esse tipo de coisa me gera uma reflexão: será que a juventude tem uma idade para acabar? Ou será que podemos ser jovens sempre? Tenho contato com pessoas de mais de 50 anos que têm uma vida mais ativa do que eu, que tenho 25. É interessante observar essas coisas para que eu possa rever a minha forma de viver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s