prevenção de crimes por meio do desenho ambiental

* O espaço defensável em Brasília *

Hoje em dia, um dos maiores problemas que aflingem as cidades é a questão da segurança. Parece óbvio pensar que a desigualdades social e econômica sejam as principais causas desse problema. No entanto, há outros fatores espaciais que podem contribuir para a diminuição da violência e insegurança.

Oscar Newman criou em 1972 o conceito de Espaço Defensável ao estudar do conjunto habitacional Pruitt-Igoe, em St Louis. Se tratava de um complexo com 2.740 unidades residenciais cujo o destino final acabou por sendo sua própria implosão.

Este complexo tinha tudo para se tornar um espaço maravilhoso para convívio pois era composto por torres de 11 andares sobre amplas superfícies verdes, teoricamente destinadas a usos coletivos.No entanto, inesperadamente este complexo se tornou um local inóspito com altas taxas de vandalismo e sem conservação alguma nas áreas comuns. A imagem abaixo mostra um espaço comum muito degradado.

IMAGEM 1 (1)

Entretanto, nas áreas que as famílias dividiam um lobby, observou-se um alto zelo pelos bens materiais. Newman concluiu que as pessoas só preservaram e cuidavam dos espaços que eram percebidos como “seus”. Os outros espaços que eram compartilhados não eram “apropriados” pelos moradores, e portanto acabavam sendo depradados.

Pôde-se concluir que a chave para espaços defensáveis é o controle dos próprios moradores.

Aqui em Brasília, ocorrem casos como o citado acima. Nas passarelas subterrâneas que ligam os Eixos W e L (Eixinhos), há uma eterna luta entre a manutenção e os depredadores. Além da insegurança há também o lixo e as pichações que geram medo em qualquer um que por ali passa, principalmente durante a noite. Ultimamente, têm-se investido em iluminação e pinturas para tornar as passarelas um local mais humanizado. No entanto, logo após a pintura nova, já podia-se perceber em alguns locais rastros de pichação novamente.

IMAGEM2

O que realmente faz com que as pessoas se apropriem do espaço e cuidem dele?

Na minha opinião é a própria ocupação! Quando um espaço é apropriado pelas pessoas, ele automaticamente se torna mais seguro. Todos se sentem donos daquele ambiente e cuidam dele.

É incentivando-se o uso que as pessoas tornam aquele espaço em espaço “utilizável” e “apropriável”.

IMAGEM3

————————————————————————————————-

A Natália pensa assim. E você? Participe!

Anúncios

Um pensamento sobre “* O espaço defensável em Brasília *

  1. Quando fiz Psicologia Ambiental teve um rapaz da Arquitetura que estudou as passarelas. Ele fez intervenções artísticas, promoveu eventos e mudou um pouco a visão sobre as passarelas. Ficou mto bom.
    Em uma das intervenções, pessoas atuando impediam a passagem dos “civis”, deixando mta gente nervosa, assustada e alguns entravam na brincadeira.
    Todo o ambiente das passarelas é carregado de medo e desconfiança, qualquer coisa que se faz lá deixa as pessoas com um pé atrás. A única intervenção que n assusta sào os cafés da manhã que são vendidos em algumas escadas, só que infelizmente já é praticamente fora das passarelas.
    Ideias sobram, faltam ações

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s